07/
Apr
Hospital Albert Einstein diz que não houve erro em cirurgia de Pelé

O hospital Israelita Albert Einstein disse nesta quinta-feira (7) que não houve erro na cirurgia ao qual Pelé foi submetido em 2012, para a implantação de uma prótese no quadril.

Na quarta (6), em entrevista à Folha, o ex-jogador afirmou que uma suposta falha o levou a passar por nova operação, em dezembro do ano passado.

O primeiro procedimento, no qual ele acredita ter havido erro, foi realizado em São Paulo, no hospital Albert Einstein. O segundo aconteceu no Hospital for Special Surgery, em Nova York.

"Segundo os médicos que me analisaram, teve um erro médico. Um erro na técnica dos brasileiros", afirmou.

O hospital Albert Einstein, por sua vez, disse que "lamenta a percepção do paciente Sr. Edson Arantes do Nascimento (Pelé)".

"O hospital avaliou as circunstâncias do atendimento e do procedimento realizado em 2012 novembro de por médico indicado pela família do próprio paciente e não encontrou nenhuma evidência de erro na conduta do médico, julgando-a adequada, dado o histórico, idade e queixa do paciente", disse o hospital em nota assinada pelo diretor superintendente Dr. Miguel Cendoroglo Neto.

Quatro meses após a operação, Pelé disse estar sem dor. Contudo, ainda se movimenta com certa dificuldade. Deixou de usar um andador dias atrás e agora leva uma bengala à mão esquerda.

 

Fonte: Folha de São Paulo