01/
Sep
EXAME GENÉTICO PARA DETECTAR CÂNCER PODERÁ SER FEITO NA REDE PÚBLICA

O Executivo fluminense fica autorizado a implantar, na rede pública de saúde, a realização de exames genéticos para detectar a probabilidade de mulheres desenvolverem câncer. É o que determina a lei 7.049/15, de autoria da deputada Marcia Jeovani (PR), sancionada pelo governador Luiz Fernando Pezão e publicada no Diário Oficial do Poder Executivo do dia 26 de agosto.

O exame tornou-se conhecido depois que a atriz americana Angelina Jolie anunciou ter removido suas mamas após um teste ter mostrado alta probabilidade de desenvolvimento de tumores.

O exame tornou-se conhecido depois que a atriz americana Angelina Jolie anunciou ter removido suas mamas após um teste ter mostrado alta probabilidade de desenvolvimento de tumores. 
 
Pela proposta, o Executivo implantará nas unidades públicas estrutura para a realização do exame em mulheres com histórico familiar de câncer de mama ou de ovário. "Não é qualquer mulher que tem condição de pagar por um exame como esse. A cada dia que passa, aumenta o número de mulheres com câncer de mama. É uma chance de sobrevida para elas", destacou a deputada.